Início

Jogadores

Times

Entrevistas

14 de jan de 2012

Seleção alemã não é “ariana” o bastante para técnico da Inglaterra

Capello convida Platini a agir devido o golpe alemão do “roubo de talentos. -- Por Matt Barlow (dailymail.co.uk)

mesut özil e lukas podolski - copa do mundo de 2010

Fabio Capello acusou a Alemanha de roubar jogadores de outras seleções e pediu que as autoridades do futebol europeu acabem com a fuga de talentos de países mais pobres.

O treinador ainda é assombrado pela derrota da Inglaterra por 4x1 para os alemães na Copa do Mundo de 2010 e levantou a questão da cidadania, enquanto seguia para uma conferência de esportes em Dubai.

“Tem que haver um limite", disse o italiano. "Clubes mais ricos estão caçando e roubando jogadores e não pensam sobre as conseqüências para os países de origem. Estes jogadores estão adquirindo novos passaportes. A Alemanha teve cinco de origem turca que optaram por representá-los e todos nós sabemos o que aconteceu.” (Sim, Capello, sabemos que a Alemanha acabou com o seu time na Copa)

A seleção alemã que chegou às semi-finais da Copa do Mundo na África do Sul teve 11 jogadores que poderiam ter jogado por outros países. O treinador afirma que a Turquia teria sido muito mais forte com os "cinco" que optaram por representar a Alemanha.

 

Lukas Podolski Germany Training Press Conference GbQndDu2-lplTasci, Podolski, e Özil na Copa de 2010

 

Mas o próprio jornal inglês rebate a posição de Capello a seguir:

Mas as coisas não são tão simples. Dois jogadores de ascendência turca que estavam na equipe de Joachim Löw - Mesut Özil e Serdar Tasci - nasceram na Alemanha. Özil então, é apenas neto de turcos.

Miroslav Klose e Lukas Podolski, nasceram na Polônia. Mas Podolski mudou-se para a Alemanha com dois anos de idade e Klose com sete anos.

Mas Capello negou que a Inglaterra tenha roubado Danny Welbeck, que poderia defender Gana, dizendo: "Ele nasceu e cresceu na Inglaterra. Eu falei com sua família e eles concordaram.” (Não é o mesmo caso de muitos alemães?)

 

Marko Marin Uruguay v Germany 2010 FIFA World YrcK7J3SFn6l German National Football Team Visits Lion kKl8dXi58o9l

Marin (de origem bósnia) e Aogo (filho de pai nigeriano e mãe alemã) são outros jogadores questionado por Capello. Agora por quê eu não sei!

 

Federação Alemã chateada com Capello

A Federação alemã ficou, claro, bastante chateada com as afirmações, embora não tenha rebatido as afirmações de Capello diretamente. Segundo a DFB:

"Recrutamos de qualquer lugar. Eu não consigo entender as declarações, o esporte só responde a evolução da sociedade. Quando abrimos nossas portas para os jogadores oriundos da imigração, congratulamo-nos com todos. Esse é o papel do esporte." afirmou o ex-jogador.

Fonte

---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---

Agora reproduzo uma resposta muito bem-humorada que vi em uma comunidade sobre a seleção alemã:

OK, eu sinto uma necessidade urgente de esclarecer a situação dos nossos jogadores caso alguém aqui esteja vagando na escuridão sem saber a verdade:

"É difícil admitir, mas Capello está certo. Özil nasceu em Istambul, e na juventude jogou somente em equipes turcas bem como na seleção até os 17 anos. Uma vez que seu futebol chamou atenção, ele foi descoberto por Christoph Daum, que após analisá-lo e considerá-lo digno de ser herdeiro de Bernd Schneider, sequestrou Özil em seu Citroen preto. Özil foi entregue ao Schalke como "presente especial do Sr. Daum"  e a partir daí ele foi tomado como um alemão contra a sua vontade. Como Özil não fala alemão, ele nunca teve a chance de contar a ninguém a verdade.

mesut özil e sami khedira

 

Khedira também é turco. Seu pai é um espião da Turquia, que finge ser tunisiano por razões de segurança. Os pais decidiram fingir que seus filhos são alemães para mantê-los a salvo de organizações criminosas poderosas. Ao procurar um nome que soa 100% alemão para dar o seu filho eles escolheram "Sami Khedira" (em vez de seu nome real, Mohammed Türkyilmaz).

Há outros três turcos na seleção alemã: Mario Götze (nomeado assim por seus pais Fatih e Fátima por causa do seu jogador favorito, Mario Basler), Ali Schürrle e Thümüs Müller.

Todos os seus pais receberam muito dinheiro do presidente da federação alemã em troca dos seus filhos. Klose, aos 8 anos, jogava em time polonês, mas Klose decidiu deixar seus pais para se tornar uma estrela na Alemanha porque foi considerado muito fraco para a seleção polonesa. Antes ele pensou em se tornar brasileiro, argentino, inglês, Italiano e espanhol, no entanto, a Alemanha pagou mais.

 

2,h=493.bildEngaiolados para não fugir da Alemanha!

Podolski assinou seu primeiro contrato com a DFB na tenra idade de 2 anos, usando a linguagem de sinais. Ele passou por diversas cirurgias para a aparentar ser uma alemão perfeito.

O único alemão de verdade na seleção é Helmut "Cacau" Frachtengruber.

--*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---*---

↑↑ Rolei de rir quando li isso, então tinha que compartilhar aqui. xD É cada uma que aparece, né?

6 comentários:

  1. ah Liz, vc nao sabe o qto eu ri lendo isso xDD aiai x)

    ResponderExcluir
  2. Não gosto de questionar esse tipo de assunto , afinal cada um escolhe o que é bom para si , veja o caso do Cacau é mais do que brasileiro , mas se sente a vontade jogando pela Alemanha então que continue !!

    ResponderExcluir
  3. Mas que absurdo esses comentários do Capello! A seleção alemã está "menos ariana" porque a sociedade alemã como um todo está "menos ariana". Como disseram, os ditos turcos são na verdade todos alemães, filhos de pais turcos. O movimento é inverso, como no caso de Sahin, que é alemão de nascimento, mas atua pela Turquia.

    ResponderExcluir
  4. O Capello tá ficando doido por fazer uma declaração dessas em alto e bom som....e acho engraçado usar o termo "ariana".....o que só faz parecer que ele é favorável aos ideais nazi, mas deixa pra lá....
    agora morri com esses comentários dos fãs alemães
    xD...me espanta a imaginação dessa gente, mas isso me diverte muito kkkkk

    ResponderExcluir
  5. Ahhhh eu vi no Esporte Espetacular o Reus dançando a míusica do Michel Teló e só faltei morrer de rir kkkk
    lembrei de ti
    esses alemães são mesmo uma graça

    ResponderExcluir
  6. Um tanto quanto hipócrita os comentários do decadente Capello. Quem acompanha o futebol sabe que a Itália do mesmo Capello foi campeã em 1934 e 1938 recheada de argentinos e brasileiros, e não eram nascidos na Itália não e foram contratados para jogar pela Azzurra. Hoje mesmo podemos citar o Balotelli como um exemplo da bobagem que o Capello disse.
    Pra mim ficou evidente a inveja que o técnico da Inglaterra sente, já que não consegue revelar ninguém de peso no English Team. Eu daria até uma dica para ele e para a federeção inglesa, ao invés de criticar trabalhem melhor as suas categorias de base, assim como a DFB fez.
    Abraço!!!

    ResponderExcluir

Mais recentes Início Início